Mal (Remix)

Parece incrível que a crença no progresso ainda sobreviva e triunfe. O século 19 pensou que havia exterminado o pecado original. Como obviamente era necessário encontrar substitutos, Marx e Freud ofereceram alguns. Apresentaram planos explanatórios e soluções adequadas para esses sistemas, novas doutrinas de redenção que pareciam paródias da doutrina cristã […]

Até hoje acreditam que o mundo é basicamente um bom lugar e que seus problemas podem ser mais ou menos solucionados com tecnologia, educação, “desenvolvimento” no sentido de “ocidentalização”, e com a crescente adoção da democracia ocidental e, segundo a preferência, dos ideais sociodemocráticos ocidentais, do capitalismo ocidental ou até mesmo de uma mistura dos dois.

Essa situação trouxe à tona três aspectos que caracterizam o novo problema do mal. Primeiro, ignoramos o mal quando ele não nos atinge diretamente. Segundo, nos surpreendemos quando o mal nos alcança e, terceiro, reagimos de forma imatura e perigosa.
[N.T. Wright, O Mal e a Justiça de Deus, p. 21]

9174_surrealist

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s